Friday, October 15, 2010

CARIOCA BOWL, UMA HOMENAGEM AOS PIONEIROS

Numa tarde chuvosa, durante uma visita de férias que fiz ao Rio em 2000, vi o Rio Guardians e o Tijuca Night Hawks, jogando na areia o primeiro Carioca Bowl. O pessoal no Rio tinha inventado um campeonato de bola oval na areia Até então o futebol americano era para mim apenas a NFL e a NCAA.

A Lista Redzone que fundei dois anos antes tinha menos de 10% dos membros que tem hoje, e vários associados com grande conhecimento da NFL haviam desfalcado a lista porque insistiam que ela não aceitasse assuntos relacionados ao futebol americano que começava a ser praticado ainda tímidamente por brasileiros.

Ainda surpreso e encantado com as possibilidades, divulguei a nossa bola oval tanto na lista quanto nas transmissões do SNF e MNF na ESPN.

Em 2001, aproveitei uma oportunidade surgida na semana do Super Bowl XXXV na Flórida e levantei num evento de mídia da NFL Internacional a bandeira do futebol americano jogado nas praias brasileiras. Acabei conseguindo trazer bolas, flags (São Paulo estava já em pleno crescimento no Flag Football, um troféu da NFL para o Carioca Bowl II. E a NFL Films aceitou a minha produção pro-bono de um segmento mostrando o flag em São Paulo e o Carioca Bowl no Rio.

Os anos se passaram, o futebol americano passou a ser práticado de norte a sul e leste a oeste no Brasil e o Carioca Bowl continua. Havia naqueles primórdios um espírito de diversão, um espírito esportivo que com o crescimento do esporte perdeu um bocado de sua pureza. Isto ainda é preservado em muitos e deve ser preservado em todos os jogadores. Não adianta ser um grande jogador e ser uma pessoa pequena. Seu rival é seu parceiro, sem ele não tem jogo. As pessoas que menosprezam são geralmente as mais menosprezáveis como seres humanos.

O bom é que o espírito lúdico ainda se preserva, principalmente nos jogos aonde impera o prazer da prática do esporte acima dos egos. Isto pude observar durante o Carioca Bowl X, no ano passado, quando fiz a reportagem de mais coração de todas que fiz para a ESPN.

Neste fim de semana Brusque Admirals e Curitiba Brown Spiders,jogam em Curitiba, Foz Black Sharks e SP Storm jogam em São Paulo disputando o campeonato da LBFA, aqui no Rio o Vasco da Gama Patrioras joga pela primeira vez na cidade (e no seu elenco muitos atletas com a vivência do campeonato do Carioca Bowl) contra o Vila Velha Tritões (que também sabe o que é jogar na areia) pelo Torneio Touchdown 2010. Estes jogam equipados e isto nem aconteceria, creio, não fosse o pioneirismo daquele pessoal que começou brincando nas praias e ajudou a incentivar a bola oval no país todo.

Esta é a imagem correta do verdadeiro jogador brasileiro, não uma fabricada por marketing, mas desenvolvida na prática pelo amor ao esporte. Sábado eu vou estar narrando o jogo do TTD em Bangu, bem longe da Zona Sul onde me criei. Mas hajam quantos espectadores houverem estarei incentivando que prestigiem a final do Carioca Bowl em Botafogo, no campo montado em frente ao Viaduto Santiago Dantas que terá às 13h a decisão do título feminino da bola oval entre o Botafogo Flames e o Vasco F.A. E depois, às 16h, o América Red Lions que tentará o bicampeonato jogando contra o tradicional Rio deJaneiro Sharks, que busca sua primeira conquista estadual!

A bola é sua!

Veja aqui a matéria sobre o Carioca Bowl X:

1 comment:

andre_rozendo said...

Linda homenagem...esse pessoal merece nossos abraços!!!!